20 de abril de 2013

Ulmeiro

Já tenho este ulmeiro desde Janeiro de 2012 e deixei-o em crescimento livre durante todo o ano de forma a garantir que a árvore se adaptava bem ao novo lar.

Comprei-o num leilão no blog Kensho Bonsai Studio e foi uma boa surpresa, porque deram-me bastantes dicas sobre como cuidar dele, assim como sobre bonsai no geral. Provavelmente farei, em breve, um workshop ou curso de bonsai e, pela simpatia e ajuda que me deram, serão a minha primeira escolha. 

Como chegou no Inverno estava ainda sem folhas, mas não tardou a dar sinais de vida.

Quando chegou, em Janeiro de 2012

Ulmeiro em Março.2012 

Ulmeiro em Agosto de 2012

O tronco tem bastante carácter, por isso a prioridade é trabalhar a ramificação e apenas tenho usado o método clip and grow para esse efeito. Tendo em conta a dimensão do tronco, tenho que deixar crescer bastante os ramos durante o ano para que engrossem bem. Usar este método tem a vantagem de engrossar os ramos bastante depressa, mas é necessária muita paciência (e auto-controlo) para não cair na tentação de podar cedo demais. 

Este ano transplantei-o, reduzindo a altura do vaso para cerca de metade. Planeio fazer uma redução gradual, sendo a próxima daqui a dois anos, mas a estrutura das raízes dificulta bastante este processo. 

Em Fevereiro de 2013, após poda e transplante

Estado em Abril de 2013

No próximo ano devo começar a usar arames para direccionar alguns dos ramos novos. 

Eventualmente terei de arranjar coragem para trabalhar a madeira morta. Este ulmeiro tem bastante por onde trabalhar nesse aspecto. O mais certo é levá-lo para um workshop e trabalhar com alguém experiente na matéria, porque se tentar fazer sozinho arrisco-me a estragar e considero esta uma árvore com bastante potencial, que não quero desperdiçar. 


Um abraço,
Gonçalo

2 comentários:

  1. Este é muito porreiro. Temos que tirar uma tarde de sábado e dar umas voltas na floresta para arranjar mais deste genero. Nas florestas que "arderam" no ano passado, podem ter rebentos interessantes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que já passou a altura do ano para isso e não podes apanhar árvores sem autorização, embora uma ou duas não deva fazer muito mal eheh

      Eliminar